Descanso

15-11-2020

És a terra onde meus pés cansados

Encontraram descanso

Depois de tanto caminhar

Por desertos escaldantes

E atravessar

Tempestades mirabolantes.

És a rocha onde minh'alma aflita

Encontrou repouso,

Encontrou pouso,

Depois de tanto vagar

À procura do amar

Que só Tu podes dar.

És a água que brotou,

Surpreendentemente jorrou

Trazendo sossego,

Trazendo alívio!

Em Ti me abrigo

E me sacio, ó Deus!

Pri de Luz