Sem temor, eu vou

23-01-2021

Sem temor, eu vou

Com uma história repleta de milagres,

Um testemunho que coleciona

Provisão, sustento, surpresas,

Superação, crescimento,

Belezas;

Como posso duvidar?

Molda o Oleiro, e não desiste do barro!

Entrelaça os fios de trama,

Em cada drama, jamais se perde

O Hábil Tapeceiro, Exímio Tecelão,

De cada coração rendido a Seu obrar.

Detalhista, sempre atento;

Incansável, Seu trabalho é admirável!

Paciente, nada faz com pressa,

Não se prende à pressão humana,

Não é governado pelo tempo.

Sendo criação deste Poderoso Artista,

Produto do Maior e Perfeito Autor,

Tendo sido feita Filha pelo Precioso Sangue,

Selada com Santo Espírito;

Por que iria me abalar?

Segura estou!

Não há espaço para insegurança.

Firme estou!

Não há lugar para desesperança.

NEle, sem temor, eu vou!

Pri de Luz